São Paulo, Brasil
setimoamorsuporte@gmail.com

ABORDAGEM NA LIVRARIA USANDO 50 TONS DE CINZA + INFIELD

ABORDAGEM NA LIVRARIA USANDO 50 TONS DE CINZA + INFIELD

Abordagem pode ser feita em qualquer lugar.

Em muitos vídeos que postei aqui, você já viu as abordagens em ruas, shoppings, baladas…
Neste foi em uma livraria.
Sim, em uma livraria.

Mas como posso fazer uma abordagem na livraria?

A primeira coisa que você tem que fazer é: Não demonstre que você está julgando-a. Se você chegar demonstrando que está dando em cima dela, ela se sentirá acuada, não te dará liberdade nenhuma para construir uma conversa. Pois além de ter as pessoas ao seu redor te julgando, estarão julgando ela pelos seus atos.

Você deve usar um iniciador de conversa indireto.
Como assim?

Em uma livraria, você pode chegar sem pretensão ou demonstrando interesse no primeiro momento, pode ser pedindo uma opinião, ou até comentando sobre o livro que ela está na mão, se você saber sobre o que é o livro que ela está, comece a falar sobre o mundo que envolve aquele livro em si. Pode até usar o exemplo sobre pedir a opinião sobre comprar o livro ” 50 tons de cinza” para sua sobrinha, irmã, prima…

Assim, você verá que ela estará dando brechas para prolongar a conversa.

Você pode direcionar a conversa para algo mais amplo, comentando sobre o número de livros que estão virando filmes e séries. Se você for uma pessoa que gosta desse tema, você terá muitos assuntos para abranger.

E deste assunto, você pode entrar em outros que você tem mais influência. Pode passar para animes, HQ, games… O mundo literário pode te levar para qualquer outro assunto.

Você pode soltar que o que te levou ali, além da opinião, é que você a achou atraente, gostou da vibe que você sentiu. Você irá ver e sentir que ela estará mais relaxada e descontraída do que chegar e falar de primeira para ela.
“Mas você ensina o contrário em outros vídeos”.

Claro que pode dar certo de você chegar e fazer isso no primeiro momento. Mas ao contrário das abordagens em locais abertos, onde você para uma pessoa na rua, por exemplo, em uma livraria, você não irá encontrar qualquer tipo de pessoa como seria lá fora.

Existem aqueles que entram só para “dar uma olhada”, que não são reais leitores, que no máximo lê revistas, jornais e quadrinhos, mas em sua maioria, você encontra aqueles que realmente gostam de ler, que tem alguma coleção em casa.
E isso diz muito sobre as pessoas que você irá abordar.

Principalmente rodeada de livros.

Independente se for ficção, romance, policial, ou até os livros hot, sempre tem um ou dois capítulos de romance ou de paquera, e lá, os homens não “chegam chegando” e pronto, tem aquele clichê em volta…

E independente se a mulher é mais feminina, ou mais vaidosa que a outra, ela sempre irá se encantar com um bom papo.

E não será chegando de forma direta que você conseguirá sua atenção.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *